Educação e novas tecnologias

Extraído do livro: Comunicação Digital: Educação, Tecnologia e novos comportamentos

Ainda no começo do século XXI, o pesquisador catalão Manuel Castells apontava a incapacidade do sistema educativo tradicional de introduzir os estudantes nessa nova gama de opções e plataformas tecnológicas, porque, além de estrutura financeira, seria preciso estimular uma cultura de inovação e uma forte identidade, como motor da sociedade. Uma mudança que pode ser observada facilmente entre os jovens, mas com mais dificuldade entre os professores, acostumados e suas certezas e saberes tradicionais ( em geral analógicos e baseados na escrita) e com pouca destreza tecnológica.

Quando se trata da sociedade da informação, Lucía Castellón e Oscar Jaramillo (2005) lembram que a universidade perdeu o monopólio do conhecimento e o professor deixou de ser a única fonte de sabedoria e informação, pois os alunos participam de outras comunidades que fornecem diferentes informações, saberes e formas de relacionar-se com o mundo, como é o caso do Orkut, Youtube, My Space, Facebook, Twitter, Blogs e entre outros uma nova versão dos diários que saíram do âmbito privado dos séculos anteriores para serem compartilhados publicamente na internet.

Existe uma brecha entre a informação e o conhecimento que não está sendo preenchida nem levada em consideração pelo sistema educativo. Trata-se do fato de algumas disciplinas em nível universitário- independentemente do fato de fazerem parte ou não da convergência midiática não conseguirem produzir sentido para os estudantes. Além de não compreender o conteúdo apresentado, os jovens nem sequer conseguem aplicar à sua vida cotidiana o instrumento ou conhecimento apresentado. Isto é, há uma grande dicotomia entre teoria e prática.

Dito isso, e na esperança de que possam ser refletidas em termos de políticas públicas voltadas para a inclusão digital e social, cabe refletir sobre a relação das questões já expostas, analisando-as sob perspectiva dos cursos de Comunicação Social. Trata-se de uma preocupação premente à preparação de estudantes, professores e pesquisadores para as radicais mudanças que estão ocorrendo, antes que as mídias digitais e a convergência tecnológica deixem de ser uma notícia vinda de outros países para fazer parte da nossa realidade, como afirmamos no começo desta reflexão.

Em tempos de mídias digitais, os comunicólogos sociais formados passam a ser algo mais do que profissionais qualificados para escrever ou falar textos informativos, interpretativos ou opinativos. Eles têm a possibilidade de transformar-se em mediadores sociais, colaborando na construção coletiva e democrática de notícias ou seja, são muito mais que tradutores dos acontecimentos. 

De um lado, a universidade ainda não parou para dar atenção às mudanças que se aproximam rapidamente e que impõem um novo perfil profissional. De outro, as empresas de Comunicação independentemente de suporte tecnológico que utilizam vêm exigindo que seus profissionais enviem matérias multimediáticas, particularmente no caso de grandes coberturas. Isso vem acontecendo pelo menos desde 2004, quando muitos Comunicólogos Sociais em especial os Jornalistas, ao fazerem coberturas, passaram a enviar boletins para rádio AM e FM, para TV aberta e por assinatura, matérias para a agência de notícia, para o jornal impresso e para o jornal on-line, do mesmo conglomerado de comunicação, sem que isso signifique acréscimo salarial.

E o que os professores e pesquisadores, estão ensinando nas faculdade de Comunicação Social em tempos de mídias digitais? De que forma os alunos estão refletindo sobre as novas tecnologias? E como estão sendo preparados para o novo modelo de negócio (digital) que se avizinha? 

Twitter: @rpmanaus

Referencia:
BARBOSA, Filho, André Comunicação Digital: educação, tecnologia e novos comportamentos/ André Barbosa Filho, Cosette Castro- Primeira edição- São Paulo, Ed. Paulinas, 2008.
  
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s