I Encontro Vocacional: Cresci, que caminho seguir?

No dia 07 de agosto de 2012, aconteceu no espaço Thiago de Mello da livraria Saraiva, o primeiro encontro vocacional realizado pelo grupo RP Manaus. Com o subtítulo “Cresci, que caminho seguir?”, o grupo tinha como objetivo atingir com esse evento principalmente adolescentes de ensino médio, que estão cada vez mais perto da escolha profissional e muitas vezes não sabem nem ao menos por onde começar.

A primeira palestra foi do Professor Sérgio Freire, autor de quatro livros e de grande prestigio no mundo acadêmico. Não querendo focar-se apenas na sua profissão de professor, ainda falou que somos a geração que “é o que compartilha” e que todos devemos pensar não só na escolha, mas que o futuro profissional não depende só do que mostramos no emprego, mas também do que mostramos ser em redes sociais. 

Luciana Jacob, que é psicóloga, mestre em engenharia de produção e fundadora da Singulari Consultoria, compartilhou com os alunos a sua  história pessoal com orientação vocacional, e explicou também que devemos ver quais nossas necessidades, o que gostamos mais e o que pode se encaixar na nossa própria pirâmide de vida, para tomar essa decisão tão importante.

Luisa Aguiar, Diretora de intercâmbios coorporativos da AIESEC Manaus, abordou a importância do trabalho voluntário, dizendo que principalmente para os jovens, é uma experiência única. Quebra-se paradigmas, tem-se um enorme retorno e a gratificação é maior ainda. 

Nossa última convidada foi Alane Ferreira, Delegada do conselho regional dos profissionais de relações públicas 6ª região AM, que abordou em sua fala um pouco mais de informações a respeito da profissão de Relações Públicas, o que não podia faltar visto que estávamos em um evento realizado por um grupo que tem como missão disseminar esta profissão. 

Para encerrar o evento, A idealizadora do RPManaus Ana Clarissa agradeceu a presença de todos, apresentou o restante do grupo e falou também um pouco sobre a orientação vocacional.

Escolher o que vai estudar durante 4, 5 ou 6 anos e o que fazer pela vida inteira não é uma tarefa fácil. É necessário conhecer muito sobre si mesmo e ter ao menos uma noção sobre o mercado de trabalho atual. É preciso muita pesquisa, informações e até mesmo conversas com profissionais da área escolhida. Mas apesar de tudo isso, no final a escolha continua sendo somente sua. Afinal, é o seu estudo, seu futuro. E independente do que podem dizer da sua escolha, deve-se fazer aquilo que gosta, pois a escolha da profissão é apenas a primeira decisão de muitas que ainda se seguirão ao longo do seu caminho.
 
Alice Rosas.


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s