43% dos jovens gostariam de se desconectar por um período de tempo

O estudo, realizado com 1.030 jovens com idade entre 13 e 17 anos, concluiu que além de se afastar das redes sociais por conta própria, 21% dos entrevistados também queriam que seus pais se desconectassem. Além disso, 41% se consideram viciado no seu smartphone e 20% em sites sociais. Na verdade, os jovens estão tão enjoados das redes sociais que 36% deles gostariam de voltar a uma época onde não existia o Facebook. A pesquisa descobriu que 75% dos jovens estão presentes em pelo menos uma rede social. O site com mais participantes é o Facebook, no qual 68% dos candidatos possuem um perfil. Em seguida aparece o Twitter, com 6% dos entrevistados. Já outras redes sociais, como o Google + e o MySpace possuem apenas 1% de acesso dos entrevistados. O acesso desses jovens se dá diariamente. Do total de entrevistados, 68% se comunicam por meio de mensagens de texto, 51% acessam o Facebook e 11% enviam ou recebem tuítes todos os dias. No entanto, do ponto de vista dos jovens essa frequência não é negativa. 52% deles acreditam que o contato por meio das redes sociais melhora o relacionamento com amigos e 37% têm a mesma opinião sobre a família. Os adolescentes apontam também que os recursos tecnológicos ajudam a superar a timidez e se sentir mais confiantes. De acordo com a pesquisa, apenas 3% dos entrevistados se sentem mais tímidos em frente ao computador e somente 4% dos participantes afirmaram se sentir menos confiantes nessa situação. Contudo, a preferência dos jovens ainda é pela interação cara a cara. 49% dos estudantes entrevistados preferem contato pessoal, enquanto 33% se sentem melhor conversando por mensagem de texto. As outras opções apontadas pelos entrevistados foram a comunicação via redes sociais (7%), o uso do telefone (4%) e o Twitter (1%). Para esses jovens, a comunicação por meios digitais cria uma má conexão, fazendo com que eles percam tempo que podia ser gasto frente a frente (34%), distraindo-os das pessoas com quem eles estão (44%) e gerando frustração quando os colegas prestam mais atenção aos gadgets (45%).

Por fim, a pesquisa mostra que existe uma diferença entre homens e mulheres. De acordo com o estudo, as meninas são mais ativas que os meninos no que se refere aos recursos tecnológicos de comunicação. Ainda sobre as mulheres, 77% das entrevistadas enviam mensagens de texto diariamente, contra 60% dos jovens do sexo masculino. Além disso, 33% das garotas já tuitaram ao menos uma vez, enquanto apenas 22% dos meninos já fizeram isso. O dado mais relevante se refere às fotos: 75% das garotas admitem que adoram postar fotos online, enquanto apenas 42% dos meninos têm esse hábito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s