6 coisas que aprendemos com o Grammy de 2017

O Grammy é uma das principais premiações da indústria musical nos Estados Unidos, contando sempre com a participação dos principais artistas do momento. Entre uma premiação e outra, passando de categoria em categoria com seus respectivos indicados e performances impecáveis (amém, Beyoncé!), tivemos vários momentos de aprendizado. Por isso, separamos para vocês as seis coisas que aprendemos com o Grammy 2017.
1. Dar a volta por cima, como Camila Cabello.

A aparição da ex-integrante da girlband Fifth Harmony nos ensinou muito sobre superação quando o assunto é dar a volta por cima e ser independente na carreira. Muitas vezes caminhar sozinho é tudo o que precisamos para brilhar e nos encontrar na trilha certa rumo ao sucesso profissional! Coloque sua melhor roupa e voilà!
2. Ser sempre humilde, como Adele.
Sem dúvidas, o momento mais emocionante da noite foi o discurso da Adele para Beyoncé ao ganhar o principal prêmio da noite (Álbum do Ano, com “25”). Com isso, aprendemos que devemos ser humildes e sempre lembrar que podemos admirar o trabalho de alguém sem gerar competitividade desnecessária entre si. Adele nos deu um show de humildade e mostrou ser gente como a gente – afinal, quem não ama a Beyoncé?

3. Ser flexível, como Lady Gaga.
Lady Gaga sempre nos mostrou que é uma artista completa, sempre sendo versátil e apresentando músicas distintas do pop. Não importa o gênero musical, ela sempre faz as melhores performances, como fez também do Super Bowl! Dessa vez, em uma apresentação com a banda de Metallica, Gaga nos ensinou que é sempre bom sair da nossa zona de conforto porque podemos dar o melhor de nós. Evolução sempre deve fazer parte do nosso dia a dia.
Inclusive, você se identifica?
16729264_1230594053642280_2395151556247029692_n
4. Ser criativo e inovador, como Beyoncé.
Beyoncé sempre nos ensina alguma lição diferente em cada performance, mas a do Grammy, particularmente, nos mostrou muito sobre criatividade e inovação. A turnê de “Lemonade” é impecável na tecnologia. Apesar da gravidez e pegando mais leve na apresentação, Beyoncé conseguiu surpreender o público com uma performance interativa, contando com efeitos visuais que caminhavam em perfeita sincronia com a música. Fica a dica para sua próxima apresentação de slide, será a melhor que todos respeitam!
5. Reconhecer o talento do outro, como Bruno Mars e Demi Lovato.
Bruno Mars homenageou Prince. Demi Lovato, Bee Gees (junto com Andra Day, Tori Kelly e a banda Little Big Town). Ser reconhecido na sua profissão é o melhor network! Mesmo após a morte, como a de Prince, é válido ser lembrado pelos trabalhos feitos em vida por artistas renomados, como Mars. Lembre-se: não existem rivais, existem parceiros de profissão! Divulgar e enaltecer o trabalho do colega, mostra a humildade e o reconhecimento que todos precisam!
6. Simplesmente se divertir, como Rihanna.
E por último mas não menos importante, Rihanna! Com certeza Riri foi quem mais se divertiu com as performances do Grammy. Ela dançou, mandou beijinho pra Beyoncé e bebeu muito! Apesar de todas as nossas responsabilidades devemos ter um tempo para ser quem somos, nos divertir muito e simplesmente não ligar! Deixa o work, work, work um pouco de lado e sorria, meu bem!
Reality Social ufc grammys grammy the voice kids

@RealitySocial

Pra fechar, veja a lista dos vencedores da noite aqui.

Por Mariana Padella, acadêmica de Publicidade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s